Seguidores

Romance escrito em tempo real

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Nossa bagagem emocional

Se a nossa bagagem emocional fosse trocada, quem a levasse por engano não conseguiria usufruir dos seus benefícios. Ela é intransferível e os seus benefícios também. Cada um colhe os frutos das suas alegrias, desapontamentos e até das tristezas. Agradeço e bendigo todas as experiências, inclusive as que não foram fáceis. Tiro-as da coluna do dissabor quando entendo que também é opcional o martírio com indagações como “Por que não agi assim ou por que não respondi de outra forma?” A gente faz o que dá conta, de acordo com a bagagem que tínhamos naquele momento. Quando nos desobrigamos do acerto a vida fica mais leve. Tão mais importante sempre foi a nossa bagagem emocional. Esta sim! Precioso passaporte que vamos carimbando com experiências, reforçando assim a nossa alvenaria.


Bjs a todos.
Stella Tavares

20 comentários:

Eraldo Paulino disse...

Apesar de saber disso, eu não consigo não me martirizar pelas coisas que eu faço... mas já to melhor. Ótimo post.

bjs!

Eduardo Montanari disse...

"A gente faz o que dá conta, de acordo com a bagagem que tínhamos naquele momento."

Eu estava precisando ouvir essa frase hoje. Deus te abençoe.

Lídia Borges disse...

É uma bagagem preciosa, mas nem sempre leve.

L.B.

Livinha disse...

Nada nada por acaso minha querida.
Tudo o que nos advém, é porque somos capazes de resolve-los tão bem.
So precisamos ser disciplinados, pensativos, e ter bom senso e tudo haveremos de construir bem como desejamos.
Nas bagagens trazemos o que separamos por viver em cada momento..

Saudades de ti

Bjs

Livinha

Everson Russo disse...

Emoções são as vezes bagagem muito pesada a se levar pelo caminho,,,em outras não,,,são leves plumas,,,beijos de bom final de semana.

Everson Russo disse...

Um belissimo sabado pra ti querida,,,,beijos de carinho e amizade.

Edna Lima disse...

Realmente não dou conte de fzer o preciso, mas não trocaria com ninguém minha bagagem emocional.
Coitado de quem a recebesse ; piraria..
Um grande bj. Edna Campos.

Tertúlias... disse...

Co mo dizia Tanja Blixen? " A traveller of mind needs no luggage"

Sim, querida, a bagagem emocional - aí está sua importancia - é a principal!

Gisa disse...

Bagagem emocional pessoal e intransferível. Cada carimbo, cada objeto, cada lembrança, com sua respectiva história e significado.
Adorei o texto.
Um bj.

Janaina Cruz disse...

Desde meus 12 anos tento jogar as minhas bobagens emocionais no lixo, ninguém as quis...rs
Foi então que resolvi exorcizá-las coloquei as num papel, fechei bem a gaveta e anos depois haviam sofrido metamorfose e transformado-se em poesia... Não sei se boa poesia, as são poesias do meu cotidiano emocional...
Abraços e parabéns pelo talento.

Luiz Neves de Castro disse...

Realmente Stella, "cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é". Beijo carinhoso

Graça Pereira disse...

Passei para te deixar um beijo e desejar um Natal Feliz e um Ano Novo muito prometedor.
beijos
Graça

Batom e poesias disse...

Viajar sem culpas e sem rancores.
Assim que tem que ser.

Bjcas, Stella.
Rossana

Livinha disse...

Stela amiga querida,


Passando....
Agradecendo as vezes que estiveste comigo, agraciando o teu carinho na tua forma de ser.
Ofertando as tuas palavras no jeitinho proprio de você.
O Natal esta aí, despontando quão primavera, a florir nosso glorioso planeta terra, ensejando felicidade a todos os corações desse mundo em sua essência mais pura e bela, pela luz que brilha a presença de nosso mestre e irmão maior, Jesus.
Estarei logo em breve ofertando minha penúltima postagem deste ano, NATAL e logo mais deixando automaticamente a postagem de fim de ano que cairá dia 28 deste corrente e abençoado mês...
Me darei férias. Uma viagem em busca de energia, agasalhada do pensar...
Desejando cá de antemão, o meu mais afetuoso abraço, no desejo de que desfrutes de BOAS FESTAS junto aos teus familiares e amigos, teus afetos queridos, que estão sempre a te acompanhar.
Ensejando ainda que onde puderes dar a oportunidade de abraçar aqueles outros que pairam na solidão, esquecidos, ofertando-lhes uma palavra amiga ao curso de fraternidade e solidariedade como irmãos todos que somos, que assim seja feita a tua vontade...

Paz em teu lar. Luz a iluminar o teu caminho e o meu abraço apertado e assim dizer: Muito obrigada pelo teu carinho...

Beijos

Livinha

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

eu tb penso que a bagagem emocional é muito importante, é o que somos e o que levaremos desta vida.
excelente texto!

vim deixar um grande abraço e aproveito pra te desejar um excelente natal pra vc e os seus, com mta paz, amor e fraternidade.
E que o novo ano de 2011 seja um ano muito bom!

Adelino P. Silva disse...

Stella, eu lhe desejo um Natal muito feliz ao lado daqueles que lhe são queridos. E um Ano Novo realmente novo, melhor que 2010. Tudo de bom também para os seus milhares de leitores.
Um abraço

Rafaela Andrade disse...

Olá
Passei para dizer que sinto saudades de interagir mais, mas agradeço as trocas sempre muito gostosas que fizemos.

Tem uma música linda lá no blog, espero sua visita. Beijos!

Se a gente é capaz de espalhar alegria,
Se a gente é capaz de toda essa magia,
Eu tenho certeza que a gente podia
Fazer com que fosse Natal todo dia!

Que o Natal do menino Jesus ilumine o seu coração hoje e sempre!

Rafaela Andrade e equipe do Apenas um ponto Esportivo
http://apenasumpontoesportivo.blogspot.com/
http://apenasumponto.blogspot.com/

Sonia Schmorantz disse...

Todos os dias deste ano,
Você esteve presente.
Fazendo-me sorrir, trazendo conforto e incentivando a continuar.
Todas suas palavras, seus comentários e presença foram muito importantes.
E é com todo carinho que desejo
Tudo de bom na sua vida,
Um Natal repleto de alegrias.
E que todos seus sonhos se tornem realidade neste
E em todos os Natais que ainda virão.
Um forte abraço.
Feliz Natal!

Silenciosamente ouvindo... disse...

Venho desejar-lhe umas Felizes Festas. Tudo de bom para 2011.
Beijinho/Irene

Andre disse...

Vocês falam de uma maneira tão romântica... como se apenas apontando a gente mesmo osse o x da questão... a bagagem emocional sempre é um conjunto de coisas e o ambiente, infelizmente, o ambiente nos primeiros anos de vida influencia nossas vidas... como faço para melhorar se o ambiente do passado arrebentou meu coração?