Seguidores

Romance escrito em tempo real

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

http://regynaestevan.blogspot.com/



Queria muito escrever. Dizer aí uma coisa bonita qualquer. Ou que fizesse pensar. Às vezes dá até uma angústia. Mas é uma tal angústia que nem se diz em palavras. Só se faz sentir. Meus dias são de sol e têm flores. Têm cheiro de qualquer coisa boa, que faz sorrir. Mas tenho pensado muito em coisas minhas que ficam aqui dentro. Coisas de um eu antigo. Coisas desse eu de hoje que tento conhecer e entender. Ou a quem tento me explicar. Não sei. Nas cartas que escrevo fico cheia de idéias, pensando coisas que quero contar, a quem quero dizê-las. E essa é uma sensação gostosa, de cumplicidade. De partilha. Partilho meus dias, sensações, ambições, desejos, inseguranças. Alegrias também, que é sempre bom. Tenho livros novos, nova música boa. Saudade, e é sempre.
Re

9 comentários:

Stella Tavares disse...

No blog da Re, "Coisas assim", saltam direto dos olhos para o coração da gente. Conhecer essa moça, os seus dizeres, é uma dessas coisas que afagam o coração da gente. Não consegui colocar o link. às vezes acontece. Sem meus filhos por perto, computador e eu muitas vezes nos estranhamos, mas não deixem de visitar o seu blog. Vocês irão encontrar por lá lindas coisas assim...
Bjs, Re

Montanari disse...

Gostei do que você escreveu. Pelo que eu pude ver você está sempre tentando externar seus sentimentos e isso é ótimo. Compartilhar é ótimo. A vida da gente, aprendi, não precisa ser um livro totalmente aberto, masacho que é importante nos mostrarmos para as pessoas, se queremos ser compreendidos e conhecidos. Também gosto muito de externar meus sentimentos. Me sinto livre, pleno.
Divagações Solitárias

Batom e poesias disse...

Oi Stella.
Passando para deixar um beijo e vou lá conhecer sim o blog da Re.
Valeu pela dica.
bj

Rossana

angela disse...

Um texto bonito, muito intimista e pessoal, parece uma conversa, uma confissão. Gostei bastante.
beijos

Lucimar Sant`Ana disse...

Na verdade eu as vezes fico assim.
Quero sempre ficar tentando encontrar as palavras certa o jeito certo em tudo.
Externar os sentimentos da forma como você sente é algo grandioso e muitas das vezes pouco compreendido.
Lindo texto!!! Meus parabéns.
Beijos.

DIABINHOSFORA disse...

Olá Stella:)

Tenho um desfio para ti lá no meu inferno privado...passa por lá, pf

Beijinho

Juliana Dias disse...

O blog é maravilhoso. Os textos são de arrepiar.

p.s. Estou seguindo seu blog.

"re" disse...

Oi Stella

Muitíssimo obrigada pelos elogios.
Quisera eu ser como tu descreves.
Feliz estou em poder participar de tua história.
Parabéns novamente.
Olha só, gostaria de oferecer-te um selinho, mas como meu blog é protegido tu não conseguirás copiá-lo, peço-te permissão para enviar-te o codigo do mesmo, por email, caso tu o queiras.
Apenas confirme o email, por favor.
Obrigada
Un beso

"re" disse...

Agradecimento á:

Montanari
Baton e Poesias
Angela
Lucimar Sant`Ana
Juliana Dias

Pelos comentários carinhosos.
Obrigada
Besos