Seguidores

Romance escrito em tempo real

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Relato nº 8 Curando a Criança Interior

Ei Jujuba...

Ontem fui a sessão da mulher que tem a cadeira que deita, de novo....Menina....

Apareceu uma imagem de uma Monica com 10 anos de idade, numa escola paulista, sendo totalmente rejeitada pela turma....O diálogo foi o seguinte :

- Tia Neida, esta menina vai ficar na nossa turma ?

Eu , empolgada, achando que seria muito bem-vinda.

- Que pena !

Isso porque a terapeuta foi buscar comigo o "sentimento de inadequação" que me persegue há anos.

Não posso dizer que doeu de novo, porque a coisa é bem resolvida, e na hora...Não é "Sofrologia", como diria o senhor Paulo, meu Coaching.....É um novo modelito de terapia, mais focado para resultados. "Sim, e daí ?Fui rejeitada na escola sim, sofri muito , apanhei, não reclamei, fiz parte do núcleo pobre da novela, os rejeitados, eu mais minha amiga Norma, que era deficiente , ou quase, dois amigos estrangeiros, um português e outro japonês. Nós éramos os "diferentes".
Sim, mas o que eu posso fazer com isso agora ?"

No final da sessão parece que a gente deixa tudo para trás, e que a gente vê as coisas como se estivesse sobrevoando, ou melhor , flutuando em cima da cena.

Adorei a experiência. Decidí no final da sessão que quero aprender mais, estudar mais sobre isso. Nenhuma criança levar este sentimento de inadequação o resto da vida, como se fosse uma mochila pesada, cheia de bugingangas.

Joguei fora a mochila, com tudo dentro. Procurei uma central de reciclagem de lixo antes, claro,para poder aproveitar minha experiência de uma forma positiva. "O que posso aprender com isso ?' Tudo .


Monica Loureiro Jorge

3 comentários:

Patrícia Boudakian disse...

muito bom, adorei. bjs

SO PARA OS INTIMOS disse...

Estou feliz por você Mônica. Que bom que está conseguindo deixar tudo para trás, superar e ser feliz!!

Fulano, Beltrano e tio Sicrano (((((((: disse...

8.
DEUS te abençoe princesa.
Filha do Rei.